Habilitando SSH no Fedora 15/16

Sat 26 May 2012
By jesuejunior

SSH é um protocolo de rede que permite que dados sejam trocados através de um canal seguro entre dois dispositivos de rede. Partindo do principio que você tenha uma nova instalação do Fedora 15, com a super área de trabalho GNOME 3, e precisa descobrir como ativar o SSH. Este artigo é simplesmente uma maneira de utilizar essa ferramenta primordial para um linux user ou sysadmin. Para executar alguns dos comandos que você precisa ter a senha da conta root.

Habilitando SSH Daemon Primeiro de tudo, vamos nos certificar de que o daemon ssh está em execução. Abra o terminal e digite:

$ sudo su

Password:

# systemctl start sshd.service

Agora que o serviço foi iniciado, precisamos coloca-lo para iniciar junto ao boot do sistema, para caso reinicie a maquina o SSH funcione normalmente.

# systemctl enable sshd.service

Após executar o comando, aparecerá a mensagem. Isso quer dizer que funcionou!

sshd.service is not a native service, redirecting to /sbin/chkconfig.
Executing /sbin/chkconfig sshd on

Verificando as configurações do Firewall Por padrão a porta 22 vem aberta no firewall, mas é interessante verificar para não termos surpresas quando precisar-mos usar SSH. Abra o system-config-firewall. Você pode acessar da seguinte forma também, acesse

Atividades > Aplicativos > Firewall

image1

Testando a conexão, abra gnome-terminal e digite:

$ ssh user@hostname

Para conectar meu usuário é “jr” e meu computador (IP) 192.168.0.10. Então digitamos o seguinte comando no terminal: ssh jr@192.168.0.10. O terminal exibirá uma mensagem de ‘warning’:

The authenticity of host ’192.168.0.10 (192.168.0.10)’ can’t be established.
RSA key fingerprint is [some long identification number in 2-digit sequence]
Are you sure you want to continue connecting (yes/no)?

Digite “yes”, Após digite a senha para o usuário “jr” e você estará conectado via SSH.

Então é isso.